Sabores do Mar

Tudo o que você precisa saber antes de comer caranguejo

Sabores do Mar
Tudo o que você precisa saber antes de comer caranguejo
Autor Comandante

Eles são um sucesso na gastronomia durante o verão e são capazes de manter famílias à mesa durante horas em um almoço ou jantar. Sim, estamos falando dos caranguejos. Esses crustáceos que mal conhecemos, mas já consideramos pacas!

Assim como tem gente que come de olhos fechados, também tem muitos por aí que adorariam quebrar as patinhas do bichinho e degustar sua saborosa carne. Por isso, separamos para você algumas coisas que você precisa saber antes de comer caranguejo. Uma forma de deixar você informado sobre essa deliciosa carne.

De onde vieram

Sua origem vem de encontro com a origem dos oceanos. Estudos afirma que as primeiras espécies surgiram há cerca de 180 milhões de anos.

Onde moram

De modo geral, os caranguejos são encontrados no mar. Eles ocupam sedimentos ou cavidades presentes e construídas na lama, os famosos manguezais.

O que comem

O caranguejo-uçá, espécie mais comum no Paraná, além de outras, como o guaiamum, é herbívora e alimenta-se das folhas de árvores próximas aos mangues. Algumas espécies são carnívoras e consomem pequenos invertebrados, peixes, entre outros pequenos animais.

Como são

Segundo um estudo da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), é capaz de existir cerca de 7 mil espécies de caranguejos no mundo. Eles apresentam um corpo composto por uma carapaça dura ao centro, um abdômen reduzido (estrutura que anexa a cabeça ao tórax) e cinco pares de patas.

Como se reproduzem

O período permitido para caça e consumo legal do caranguejo-uçá, permitido pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), é de 01 de dezembro a 14 de março do ano seguinte. Durante esse tempo, apenas os machos com carapaça igual ou maior a sete centímetros podem ser capturados. De 15 de março a 31 de novembro tem o período de Defeso, época em que a caça e qualquer manuseio do caranguejo é proibido, sendo único e exclusivo para sua reprodução.  

Como vai ao prato

O caranguejo precisa ser bem cozido em água e condimentos, pois pode gerar intoxicação alimentar. Por isso, é importante já precaver antes mesmo do consumo: o ideal é comprar caranguejos frescos, que não exalem cheiros fortes, e armazená-los em lugares resfriados ou congelados.

Consumir a carne em excesso pode causar desequilíbrio alimentar, sendo assim é importante alternar o menu - acompanhamentos, por exemplo. Alguns restaurantes optam pela retirada da carapaça, parte que tem menos carne no caranguejo.

Agora que você já conhece informações úteis sobre o caranguejo, só falta a coragem de ir saborear essa delícia. Para isso tem a Caranguejada da Petiscaria, tradicional em Curitiba. Que tal?   

 

Caranguejada da Petiscaria do Victor

De terça a sábado, das 19h às 23h, a tradicional caranguejada da Petiscaria do Victor atende você e sua turma com caranguejos à vontade, no jantar.

Clique aqui e saiba tudo sobre a Caranguejada da Petiscaria do Victor.


TAGS: #caranguejo #informação #temporada #caranguejada #Petiscaria do Victor

Relacionados

Tudo o que você precisa saber antes de comer caranguejo

postado por Comandante, 04 de janeiro de 2019

Receitas Victor: Camarões de Portugal

postado por Comandante, 17 de janeiro de 2018

Como comer peixes e frutos do mar

postado por Comandante, 15 de janeiro de 2018

Faça sua reserva!

Reservas somente pelo telefone:

(41) 3273-4444